Igreja da Boa Morte

Foi construída em 1810, em taipa de pilão e adobe, em uma colina na entrada da cidade. A partir dela podia-se ver quem chegava de Santos, pelo Ipiranga, e do Rio de Janeiro, pelo Brás, e quando eram avistadas autoridades, seus sinos davam boas-vindas, assim tornando-se conhecida como a “igreja das boas notícias”. O interior apresenta talhas em estilo barroco e rococó.

Curiosidades:

– A irmandade de Nossa Senhora da Boa Morte se formou em 1728, tendo como principal característica admitir pessoas de todas as classes sociais, sem distinção. Foi nos bancos dessa igreja que, pela primeira vez, brancos e negros sentaram-se juntos.

– O nome da Igreja está relacionado ao fato de que escravos condenados à morte no antigo Largo da Forca (hoje Largo da Liberdade) lá entravam para pedir à Nossa Senhora por uma boa morte.

– Quando os sinos da igreja tocavam anunciando a chegada de autoridades, eram replicados pelos de outras igrejas.

– A chegada de Dom Pedro a São Paulo, após a Proclamação da Independência, foi anunciada pelos sinos desta igreja.

– A Igreja Nossa Senhora da Boa Morte faz parte dos roteiros temáticos Afro e Independência do Brasil. Para mais informações, acesse www.cidadedesaopaulo.com ou procure a Central de Informação Turística mais próxima.

+ Informações
Siga!

Endereço: Rua do Carmo, 202 – Sé.

Horário de funcionamento: funciona diariamente, 24 horas.

Horário de missas: domingo às 18h; segunda, terça, quarta e quinta-feira às 17h30; sexta-feira às 11h00 e às 17h30; sábado às 15h00.