Largo São Francisco

Sua origem remete ao ano de 1642, quando os franciscanos receberam a doação desta área pela Câmara de São Paulo. Inicialmente conhecido como Adro de São Francisco ou Largo do Capim, o Largo São Francisco constitui um dos vértices do chamado Triângulo Histórico – juntamente com o Mosteiro de São Bento e a Igreja da Ordem Terceira do Carmo – e tem um papel destacado na história da cidade. Em 1828, com a instalação da Faculdade de Direito nas dependências do antigo Convento de São Francisco, muitos estudantes de outras regiões do país vieram para estudar no primeiro curso jurídico do Brasil. A chegada desses jovens alterou profundamente o cotidiano da então provinciana cidade de São Paulo. O nome atual foi dado em meados do século 19.

Curiosidades:

– Em 1647, quando foi inaugurado o Convento de São Francisco, não existia ainda o largo, sendo utilizado como quintal pelos franciscanos que cultivavam horta e pomar.

– Formaram-se na Faculdade de Direito diversos grandes nomes da história do Brasil, entre os quais nove Presidentes da República, vários governadores e prefeitos. São egressos da Faculdade nomes como Joaquim Nabuco, Campos Salles, Bernardino de Campos, Ulysses Guimarães, Álvares de Azevedo, Castro Alves, e diversos outros.

– Foi palco de manifestações políticas contra o governo de Getúlio Vargas na Revolução Constitucionalista de 1932 e, décadas depois, de resistências contra a ditadura militar.

+ Informações
Siga!

Localização: Próximo à estação Sé do Metrô.