Praça Coronel Fernando Prestes

Esta praça abriga construções históricas como o Arquivo Histórico de São Paulo e o Quartel da Polícia Militar – com seu jardim japonês e lago de carpas – e é entrada para um dos bairros mais multiculturais da cidade: o Bom Retiro. Hoje reconhecido como um pedaço da Coréia do Sul em São Paulo, o bairro apresenta uma mistura única entre os diferentes grupos de imigrantes que ajudaram a construir sua história. Inicialmente ocupado por origens variadas, como gregos e italianos, tornou-se o principal reduto judaico da cidade até meados do século 20. A partir da década de 1960, uma grande imigração coreana transformou o bairro, que se converteu em um pólo de confecções e lojas de roupa, que atualmente também atrai uma crescente comunidade boliviana.

Curiosidades:

– O primeiro nome atribuído ao logradouro, após o início do desenvolvimento da região, foi “Praça do Visconde Congonhas do Campo”, por volta de 1883, em homenagem ao falecido Primeiro Presidente da Província de São Paulo.

– O Cel. Fernando Prestes foi um republicano que defendeu a libertação dos escravos e ocupou os cargos de deputado estadual e federal, senador estadual, vice-presidente e presidente do Estado de São Paulo. Seu filho, Júlio Prestes de Albuquerque, foi eleito também governador do Estado e posteriormente presidente da República, não assumindo o cargo em razão da eclosão da revolução de 1930.

– A última reforma da praça incluiu a recuperação da pavimentação das vias e dos passeios, a realização de intervenções nas jardineiras e substituição dos postes de iluminação pública. Teve fim também o estacionamento no local.

– Há um inusitado jardim em estilo japonês com lago de peixes em frente ao prédio do Quartel da Polícia Militar de São Paulo.

+ Informações
Siga!

Localização: Estação Tiradentes do Metrô.