Vale do Anhangabaú

Palco de grandes manifestações populares e de espetáculos culturais, o Vale do Anhangabaú é o ponto que delimita o Centro Velho e o Centro Novo e tem sua origem no Ribeirão Anhangabaú – hoje canalizado – que passa por aqui. Atualmente uma esplanada, até meados do século 19 era vizinho a uma plantação de chá e tinha aspecto semirrural. Ao longo da história, diversas transformações mudaram a paisagem do local que se tornou um dos grandes cartões de visitas da cidade e símbolo vivo de seu dinamismo: a inauguração do Viaduto do Chá (1892), a canalização do ribeirão (1906), a implantação do parque (anos 1910) e a substituição, já nos anos 1940, dos jardins por avenidas. Em 1991 foi inaugurada a configuração atual de grande praça cívica.

Curiosidades:

– O nome Anhangabaú origina-se do tupi, e entre suas possíveis interpretações estão “água venenosa, ”Rio dos Malefícios”, “do Diabo”. Várias também são as explicações para este ser considerado um ribeirão maldito. O fato de ali correr uma água muito férrea e ácida é apenas uma delas.

– Devido à sua extensão, muitas manifestações culturais ocorreram nesse endereço. A mais significativa foi o comício das Diretas Já, em 16 de abril de 1984. Cerca de 1,5 milhão de pessoas se reuniram para o maior comício público da história brasileira.

– Ainda que o rio esteja hoje canalizado, suas nascentes estão ao ar livre, entre a Vila Mariana e o Paraíso, desaguando no Tamanduateí.

+ Informações
Siga!

Localização: Estações Anhangabaú e São Bento do Metrô